Para evitar vaias, Rio 2016 não cita Michel Temer

A blindagem ao interino Michel Temer, alvo de protestos no Rio de Janeiro e em São Paulo nesta sexta-feira, motivou uma quebra de protocolo na Rio 2016.
Temer não foi anunciado ao lado de Thomas Bach, presidente do Comitê Olímpico Internacional.
O protocolo previa a apresentação da dupla, mas apenas o segundo teve seu nome chamado ao microfone
O hino nacional brasileiro foi executado ao som de Paulinho da Viola. 
Em seguida, foram feitas homenagens aos índios, escravos e aos imigrantes que marcaram a formação do povo brasileiro. (Com o 247)
Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Orkut
  • email
  • Add to favorites
  • Blogger

About Francisco Castro

Economista, especialista em finanças públicas e mestre em economia.
This entry was posted in Esporte, Política. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>