Policiais militares que agem como pertencentes a partidos de direita nas suas atividades de policiais

Todos os policiais podem se manifestar sobre a sua posição política e ideológica quando estiverem de folga. Mas, jamais podem emitir opinião política partidária quado estiverem exercendo a atividade de polícia e muito menos agir de forma tendenciosa favorecendo um grupo em detrimento de outro por causa de política.

Infelizmente, existem muito casos em que a polícia, notadamente a polícia militar, está agindo em apoio a grupos de direita em detrimento das pessoas que possuem posições consideradas de esquerdas.

Está na hora da instituição Polícia Militar tomar a providências necessárias para por fim a esses atos tão nefastos que macula a nossa sociedade e a própria instituição.

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Orkut
  • email
  • Add to favorites
  • Blogger
Posted in Política | Leave a comment

Em 2018, PIB do Brasil teve crescimento de 1,1%, totalizando R$ 6,8 trilhões

Resultado de imagem para PIBEm 2018, o PIB (produto Interno Bruto) cresceu 1,1% com relação a 2017, ano em que também teve alta de 1,1%, e em 2015 e 2016 tiveram retrações de 3,5% e 3,3%, respectivamente. No ano passado tiveram altas na Agropecuária (0,1%), na Indústria (0,6%) e Serviços (1,3%). O PIB totalizou R$ 6,8 trilhões em 2018.

PERÍODO DE COMPARAÇÃO INDICADORES
PIB AGROPEC INDUS SERV FBCF CONS. FAM CONS. GOV
Valores correntes no ano (R$) R$ 6,8 trilhões R$ 297,8 bilhões R$ 1,3 trilhão R$ 4,3 trilhões R$ 1,1 trilhões R$ 4,4 trilhões R$ 1,3 trilhões
TAXA DE INVESTIMENTO (FBCF/PIB) no ano 2018 = 15,8% TAXA DE POUPANÇA (POUP/PIB) no ano 2018 = 14,5%

O PIB per capita variou 0,3% em termos reais, alcançando R$ 32.747 em 2018. A taxa de investimento em 2018 foi de 15,8% do PIB, abaixo do observado em 2017 (15,0%). Já a taxa de poupança foi de 14,5% (ante 14,3% em 2017).

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Orkut
  • email
  • Add to favorites
  • Blogger
Posted in Economia | Leave a comment

Bolsonaro homenageia um ditador, estuprador e assassino sanguinário

 O jornalista Ariel Palacios, correspondente da Globo News na Argentina e colunista da revista Época, relembrou nesta quarta-feira, 26, uma série de informações e acusações de estupro contra o ditador paraguaio Alfredo Stroessner, que foi homenageado pelo presidente Jair Bolsonaro, que o chamou de “estadista”.

Leia a sequência de tweets:

Ariel Palacios

✔@arielpalacios

E em nossa sessão ¨O Atacadão do Thread¨, hoje vamos com …

O pedófilo ditador e seu harém de meninas.

3.518 pessoas estão falando sobre isso

Ariel Palacios

✔@arielpalacios

 · 

E em nossa sessão ¨O Atacadão do Thread¨, hoje vamos com …

O pedófilo ditador e seu harém de meninas.

Ver imagem no Twitter

Ariel Palacios

✔@arielpalacios

Os crimes cometidos pela ditadura militar paraguaia estão sendo investigados na Justiça desde os anos 90, entre os quais a tortura e desaparecimento de opositores políticos.

255 pessoas estão falando sobre isso

Ariel Palacios

✔@arielpalacios

 · 

Os crimes cometidos pela ditadura militar paraguaia estão sendo investigados na Justiça desde os anos 90, entre os quais a tortura e desaparecimento de opositores políticos.

Ariel Palacios

✔@arielpalacios

No entanto, apenas em 2016 começaram as averiguações sobre os estupros sistemáticos cometidos pela cúpula do regime do general Alfredo Stroessner, que durou de 1954 a 1989.

253 pessoas estão falando sobre isso

Ariel Palacios

✔@arielpalacios

 · 

No entanto, apenas em 2016 começaram as averiguações sobre os estupros sistemáticos cometidos pela cúpula do regime do general Alfredo Stroessner, que durou de 1954 a 1989.

Ariel Palacios

✔@arielpalacios

O principal protagonista dos abusos sexuais era o próprio ditador, que exigia um fornecimento constante de garotas virgens para seu uso.
O requisito era que as meninas deveriam ter entre 10 e 15 anos de idade. pic.twitter.com/X8uRFc8pwU

Ver imagem no Twitter
390 pessoas estão falando sobre isso

Ariel Palacios

✔@arielpalacios

 · 

O principal protagonista dos abusos sexuais era o próprio ditador, que exigia um fornecimento constante de garotas virgens para seu uso.
O requisito era que as meninas deveriam ter entre 10 e 15 anos de idade.

Ver imagem no Twitter

Ariel Palacios

✔@arielpalacios

Um dos casos investigados pela Comissão de Verdade e Justiça é o de Julia Ozorio, que tinha 12 anos quando foi sequestrada da casa de seus pais em Nova Itália em 1968 pelo coronel Julián Miers. pic.twitter.com/8OMMYtIpKt

Ver imagem no Twitter
259 pessoas estão falando sobre isso

Ariel Palacios

✔@arielpalacios

 · 

Um dos casos investigados pela Comissão de Verdade e Justiça é o de Julia Ozorio, que tinha 12 anos quando foi sequestrada da casa de seus pais em Nova Itália em 1968 pelo coronel Julián Miers.

Ver imagem no Twitter

Ariel Palacios

✔@arielpalacios

Ela foi levada a uma chácara, onde foi escrava sexual durante dois anos.
Miers era o comandante do regimento que se encarregava da guarda pessoal de Stroessner. pic.twitter.com/TtcIxkMS1M

Ver imagem no Twitter
233 pessoas estão falando sobre isso

Ariel Palacios

✔@arielpalacios

 · 

Ela foi levada a uma chácara, onde foi escrava sexual durante dois anos.
Miers era o comandante do regimento que se encarregava da guarda pessoal de Stroessner.

Ver imagem no Twitter

Ariel Palacios

✔@arielpalacios

Os militares buscavam e sequestravam meninas da área rural de acordo com os ¨gostos¨ de Stroessner e seus ministros. pic.twitter.com/OYbsqFlsIh

Ver imagem no Twitter
268 pessoas estão falando sobre isso

Ariel Palacios

✔@arielpalacios

 · 

Os militares buscavam e sequestravam meninas da área rural de acordo com os ¨gostos¨ de Stroessner e seus ministros.

Ver imagem no Twitter

Ariel Palacios

✔@arielpalacios

As primeiras denúncias sobre os estupros sistemáticos do ditador paraguaio foram publicadas pelo jornal The Washington Post em 1977. pic.twitter.com/UdKSpHNsIp

Ver imagem no Twitter
282 pessoas estão falando sobre isso

Ariel Palacios

✔@arielpalacios

 · 

As primeiras denúncias sobre os estupros sistemáticos do ditador paraguaio foram publicadas pelo jornal The Washington Post em 1977.

Ver imagem no Twitter

Ariel Palacios

✔@arielpalacios

Segundo os investigadores do Departamento de Memória Histórica e Reparação do Ministério da Justiça em Assunção, capital paraguaia, Stroessner estuprava em média quatro meninas por mês. pic.twitter.com/7lom5nuVCc

Ver imagem no Twitter
638 pessoas estão falando sobre isso

Ariel Palacios

✔@arielpalacios

 · 

Segundo os investigadores do Departamento de Memória Histórica e Reparação do Ministério da Justiça em Assunção, capital paraguaia, Stroessner estuprava em média quatro meninas por mês.

Ver imagem no Twitter

Ariel Palacios

✔@arielpalacios

Em 1954 o general Alfredo Stroessner tornou-se ditador. Governou o país com mão-de-ferro por 35 anos, instaurando um intenso culto à personalidade. Para manter uma fachada democrática, contava com o fiel Partido Colorado. pic.twitter.com/mS8SoTtpfk

Ver imagem no Twitter
221 pessoas estão falando sobre isso

Ariel Palacios

✔@arielpalacios

 · 

Em 1954 o general Alfredo Stroessner tornou-se ditador. Governou o país com mão-de-ferro por 35 anos, instaurando um intenso culto à personalidade. Para manter uma fachada democrática, contava com o fiel Partido Colorado.

Ver imagem no Twitter

Ariel Palacios

✔@arielpalacios

Além disso, realizava eleições ¨fake¨ que vencia sempre com mais de 95% dos votos. Stroessner permitia a existência de uma oposição inócua. Mas, os principais líderes opositores estavam presos, exilados ou haviam sido assassinados. pic.twitter.com/ya5f1dqXTv

Ver imagem no Twitter
225 pessoas estão falando sobre isso

Ariel Palacios

✔@arielpalacios

 · 

Além disso, realizava eleições ¨fake¨ que vencia sempre com mais de 95% dos votos. Stroessner permitia a existência de uma oposição inócua. Mas, os principais líderes opositores estavam presos, exilados ou haviam sido assassinados.

Ver imagem no Twitter

Ariel Palacios

✔@arielpalacios

490 pessoas estão falando sobre isso

Ariel Palacios

✔@arielpalacios

 · 

O documentário ¨Rua do Silêncio¨, sobre a pedofilia praticada por Stroessner:
https://www.youtube.com/watch?v=te0K-UfphEg …

648 pessoas estão falando sobre isso

Ariel Palacios

✔@arielpalacios

 · 

Ver imagem no Twitter

Ariel Palacios

✔@arielpalacios

Stroessner não se envergonhava do envolvimento ativo das forças armadas no contrabando, alegando que esse era “o preço da paz”.

193 pessoas estão falando sobre isso

Ariel Palacios

✔@arielpalacios

 · 

Stroessner não se envergonhava do envolvimento ativo das forças armadas no contrabando, alegando que esse era “o preço da paz”.

Ariel Palacios

✔@arielpalacios

Durante seu regime o Paraguai tornou-se o “hub” do contrabando na América Latina, desde cocaína, passando por eletrônicos, a carros de luxo roubados.
Um dos pontos do contrabando era a cidade de ….Puerto Stroessner (atual Ciudad del Este) pic.twitter.com/lcB6ci6n5S

Ver imagem no Twitter
225 pessoas estão falando sobre isso

Ariel Palacios

✔@arielpalacios

 · 

Durante seu regime o Paraguai tornou-se o “hub” do contrabando na América Latina, desde cocaína, passando por eletrônicos, a carros de luxo roubados.
Um dos pontos do contrabando era a cidade de ….Puerto Stroessner (atual Ciudad del Este)

Ver imagem no Twitter

Ariel Palacios

✔@arielpalacios

O culto à personalidade era total: O Partido Colorado imprimia diariamente um jornal de 6 páginas a cores com notícias exclusivas sobre Stroessner.

156 pessoas estão falando sobre isso

Ariel Palacios

✔@arielpalacios

 · 

O culto à personalidade era total: O Partido Colorado imprimia diariamente um jornal de 6 páginas a cores com notícias exclusivas sobre Stroessner.

Ariel Palacios

✔@arielpalacios

Nos anos 50 acolheu centenas de criminosos de guerra nazistas, aos quais dava passaportes paraguaios. pic.twitter.com/RLW4mqD3X0

Ver imagem no Twitter
349 pessoas estão falando sobre isso
Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Orkut
  • email
  • Add to favorites
  • Blogger
Posted in Diversos, Política | Leave a comment

Revista norte-americana elege o ministro das Relações Exteriores do governo Bolsonaro como o pior diplomata do mundo

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência BrasilDo Opera Mundi - Indicado por Olavo de Carvalho para assumir a chancelaria brasileira, as práticas e pensamentos do ministro das Relações Exteriores do governo Bolsonaro, Ernesto Araújo, marcam uma ruptura no histórico da diplomacia brasileira, além de possuir contradições e serem conduzidas por teorias da conspiração. É o que diz uma reportagem publicada nesta segunda-feira (26/02) pela revista norte-americana Jacobin, que expõe os problemas lógicos das crenças de Araújo, além de classificar o ministro como “o pior diplomata do mundo”.

De acordo com a revista, o chanceler brasileiro é “um ávido discípulo de Olavo de Carvalho, o pseudointelectual, guru da extrema direita do Brasil, que veiculou por décadas as conspirações que ajudaram na ascensão de Bolsonaro”.

Araújo é um defensor das ideias do escritor, como uma “definição elástica de comunismo” e um pânico do “marxismo cultural”, uma teoria da conspiração que sugere que líderes da esquerda possuem controle sobre “todos os aspectos do pensamento na sociedade moderna”.

A Jacobin, que tem linha editorial ‘à esquerda, ainda aponta para as palavras do ministro a respeito de Carvalho, elogiando o escritor por ter sido “a primeira pessoa do mundo [...] a usar a palavra ‘comunismo’ para descrever a estratégia do PT”, enquanto o mundo todo pensava que isso “havia morrido com a União Soviética”.

Segundo o periódico, Araújo uniu o combate ao comunismo e a postura “antiglobalista” com o comprometimento incondicional com os Estados Unidos, em uma “onda transnacional reacionária” que mudou a forma como se fazia diplomacia no Brasil.

Por apostar em uma parceira exclusiva com os EUA e desconsiderar outros parceiros comerciais importantes para o Brasil, como Rússia e China, o chanceler brasileiro recebeu críticas da revista neoliberal The Economist e do jornal New York Times.

“O que ele irá fazer, por exemplo, se Trump não se reeleger em 2020? As relações que o Brasil rejeita hoje poderiam facilmente transformar o país em um pária amanhã”, afirma a reportagem da Jacobin.

Além disso, destaca o periódico, “Araújo pode ver uma luta civilizacional compartilhada que coloca o Brasil ao lado dos Estados Unidos, mas os presidentes americanos nunca trataram a maior nação da América Latina como um parceiro igual”.

Continue lendo no Opera Mundi.

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Orkut
  • email
  • Add to favorites
  • Blogger
Posted in Economia, Política | Leave a comment

A estupidez dos ministros da Educação e dos Direitos Humanos é repudiada pelos secretários estaduais de Educação

O Ministério da Educação (MEC) enviou ontem para todas as escolas do País um e-mail pedindo que seja lida uma carta aos alunos, professores e funcionários com o slogan da campanha de Jair Bolsonaro: “Brasil acima de tudo. Deus acima de todos.” O comunicado recomenda ainda que todos estejam “perfilados diante da Bandeira do Brasil” e seja tocado o Hino Nacional. Por último, pede que as escolas filmem as crianças nesse momento e enviem os vídeos ao governo.

Segundo relata o jornal Estado de S.Paulo, a medida provocou reações no meio educacional e entre pais de estudantes. O Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Educação (Consed) disse, em nota, que a ação fere não apenas a autonomia dos gestores, mas dos entes da Federação.

“O ambiente escolar deve estar imune a qualquer tipo de ingerência político-partidária”, disse o Consed. Para o órgão, o Brasil precisa, “ao contrário de estimular pequenas disputas ideológicas na Educação, priorizar a aprendizagem”. (Com o 247)

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Orkut
  • email
  • Add to favorites
  • Blogger
Posted in Diversos, Política | Leave a comment